Importância dos Contos

As Histórias para Sonhar e a Resolução de Problemas Internos

Menina lendo livro

A criança regozija-se ao ver punidos os maus e alegra-se ao perceber que mesmo os fracos podem triunfar.

É característica dos contos de fada expor diretamente e de forma concisa um problema existencial. Isto permite à criança de uma forma simples enfrentar de imediato o problema, sem recurso a enredos de difícil compreensão.

No conto de fadas as situações são simples, as personagens são claras e os pormenores são eliminados. O bem e o mal aparecem sob a forma de personagens e das suas ações.

A criança regozija-se ao ver punidos os maus e alegra-se ao perceber que mesmo os fracos podem triunfar.

Os contos de fada transmitem à criança, de variadas formas, a ideia de que a luta contra graves dificuldades da vida é inevitável, que faz parte do ser humano e das sociedades. Se o homem não se furtar a elas e as enfrentar com coragem e determinação acabará por vencê-las.

“Enquanto alguns pais mais literalmente inclinados não o compreendem, os filhos sabem que, seja qual for o sexo do herói, a história se refere aos seus próprios problemas” (Bettelheim 2011, p. 345).

Ainda segundo Bettelheim o mais importante é que o conto de fadas garanta um final feliz, assim a criança não tem receio em se deixar envolver pela história porque aconteça o que acontecer tudo terminará bem.

A criança deve seguir os seus instintos e descobrir por ela mesma as relações entre o conto de fada e os temores do seu inconsciente. Aos adultos cabe o papel de lhes contar as histórias mas nunca o de lhes transmitir a sua própria interpretação.

Provavelmente nas primeiras vezes que a história é contada a criança não apreende todo o seu significado. Com o tempo ela interiorizará a essência da história e fará a sua interpretação.

“Os processos inconscientes da criança só podem ser claros para ela através de imagens que falem diretamente ao seu inconsciente” (Bettelheim 2011, p. 49).

CP [Psicopedagoga]

Featured Box Wordpress Plugin developed by YD