Tipos de Narrativa

A Fábula

A fábula é uma narrativa em que são utilizados animais com características humanas, tal como a fala e os costumes. Por se tratar de um gênero transmitido oralmente, as fábulas costumam ter muitas versões. A mesma história ganha roupagens diferentes, em épocas e regiões diferentes.

Contrariamente aos contos de fada são moralistas, afirmam de uma forma explícita uma verdade moral.

Esta forma de conto é mais limitativa do imaginário da criança do que o conto de fadas, sendo no entanto uma excelente forma lúdica de abordagem de determinadas virtudes com a criança, por parte de pais e educadores.

A Lenda

As lendas são narrativas de origem popular, fazem parte da cultura de uma região e vão sendo transmitidas oralmente, preservando-se assim muitas das histórias passadas.

As lendas têm a sua base em factos que aliados à imaginação popular, fazendo parte de um passado que continua interessante no presente.

Através da lenda, é-nos permitido conhecer factos do passado e também tirar ilações para o presente.

São histórias fantásticas para contar às crianças permitindo transmitir a nossa cultura e ensinamentos passados acompanhados do aspeto lúdico de muitas elas.

“A palavra lenda provém do baixo latim legenda, que significa “o que deve ser lido”. No princípio, as lendas constituíam uma compilação da vida dos santos […] eram lidas nos refeitórios dos conventos […].”

(BAYARD, 2002)

“Contos, Mitos e Lendas […] contributo muito válido no sentido da revisitação da nossa identidade, expressando-se esta pelo sentimento de pertença que cada um de nós desenvolve em relação à comunidade de origem”.

Lopes, Marcelo in prefácio de (MOURA DUARTE, 1996)

CP [Psicopedagoga]